Notícias

Iveco elege tecnologia “SCR Only”
 

A Iveco e a FPT Industrial anunciaram recentemente a conformidade das futuras gerações de motores Cursor e Tector, com aplicação em veículos pesados e autocarros, com a normativa Euro VI graças à exclusiva tecnologia SCR (Selective Catalytic Reduction).

Equipados com a tecnologia “SCR Only” da FPT Industrial, aqueles blocos propulsores procuram otimizar os sistemas de combustão e de pós-tratamento de gases de escape, mantendo a Iveco como líder ao nível dos consumos e em crescendo na proteção do meio ambiente. Estes resultados serão garantidos graças a uma tecnologia de controlo muito eficaz, patenteada pela FPT Industrial, nomeadamente na muito elevada conversão de gases de NOX, superior a 95% (contra 80-85% dos melhores registos da concorrência).

A Iveco possui uma longa história na área da inovação tecnológica orientada para a redução de custos operacionais, no qual o consumo sempre desempenhou um papel fundamental. Para a norma Euro IV/V introduzida em 2005, a Iveco escolheu o caminho da tecnologia SCR de tratamento de gases. Esta escolha foi feita tendo em consideração exclusiva as melhorias nos custos de gestão, já que este sistema visa otimizar a combustão do motor, dele retirando a máxima eficácia, e, por consequência, otimizando o consumo de combustível, sem prestar atenção ao elevado índice de emissões de NOX, pois este pode ser diminuído através do sistema de pós-tratamento SCR.

Para os veículos Euro VI a estratégia da Iveco não se alterou, tal como o desejo dos clientes, em terem veículos mais eficazes no consumo de combustível. Tendo em conta a opinião geral de que nem tudo pode ser conseguido na câmara de combustão ou no sistema de escape, a Iveco tem vindo a explorar os avanços tecnológicos da FPT Industrial na sua incansável pesquisa para melhorar a eficácia da tecnologia SCR. Este trabalho levou à criação de um sistema de controlo SCR que permite uma eficácia de conversão sem precedentes. O resultado é a tecnologia “SCR Only” para motores de veículos médios e pesados.

A tecnologia de pós-tratamento “SCR Only” é a única e exclusiva capaz de cumprir com os limites extremamente rigorosos das emissões NOX, por meio de um sistema de redução catalítica, sem necessidade de recirculação de gases de escape (EGR).

A obtenção de um sistema SCR com esta elevada eficácia foi, essencialmente, possível graças a um sistema de gestão no qual a dosagem de AdBlue e as propriedades térmicas do sistema de pós-tratamento são controladas de um modo preciso e cuidadoso. O sistema “SCR Only” vê a introdução de um ‘hardware’ de nova geração para o pós-tratamento de emissões, em resultado de um intenso trabalho de pesquisa da FPT Industrial, entretanto protegido por um elevado número de soluções patenteadas:

·         Otimização do fluído dinâmico dos gases de escape e injeção de AdBlue nos catalisadores SCR.

·         Controlo “fechado” para permitir uma dosagem correta de AdBlue com o objetivo de nivelar as emissões NOX que entram no catalisador SCR.

·         A dosagem calibrada de AdBlue, graças à tecnologia de controlo derivado da utilização dos sensores de NOX e amoníaco permitem uma análise extremamente precisa de gases de escape

·         Misturador de elevada turbolência, isolado termicamente, para permitir uma hidrólise homogénea de ureia e uma correta distribuição no fluxo de gases de escape.

A utilização destas soluções patenteadas permite uma redução de NOX superior a 95%, conseguindo-se, em condições muito específicas, atingir níveis muito perto dos 100%.

Graças aos contínuos trabalhos de pesquisa tecnológica com aplicação nos já conhecidos motores de vanguarda, a normativa Euro VI permitirá a chegada dos novos motores Tector e Cursor, que aplicados nos veículos Iveco, irão permitir que a marca mantenha a liderança em termos de consumos.