Comunicati Stampa

Iveco patrocina o projeto Patrulha da Alegria
A Patrulha da Alegria, grupo de palhaços que, desde 2005, receita carinho a pacientes em hospitais de Sete Lagoas (MG), inicia um novo marco em sua história. Com um projeto elaborado pela empresa Dreazze Gestão de Projetos e aprovado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, a Lei Rouanet, o grupo irá realizar palestras e apresentações em mais 14 cidades durante o período de um ano. A execução só está sendo possível por meio do patrocínio exclusivo da Iveco Latin America, que irá abater do imposto de renda todo o valor destinado. Trata-se de um dos maiores investimentos em cultura por meio de incentivo fiscal já feito em Sete Lagoas.
 

“Esse é o único teatro que nós fazemos onde torcemos para não ter ninguém para assistir. Porque também sofremos com as pessoas. Mas o nosso grupo começa 2009 com um novo fôlego para levar alegria aos pacientes dos hospitais. É uma iniciativa que vai nos ajudar a ampliar a Patrulha para o entorno de Sete Lagoas”, afirma Andréa Neves Godinho, fundadora e presidente do grupo. O projeto, lançado oficialmente no dia 16 de fevereiro, começou a ser executado em janeiro com a seleção e a capacitação de novos artistas que farão parte da Patrulha da Alegria.
 

O cronograma prevê, ainda, reciclagem dos artistas, aquisição de figurino, maquiagem, instrumentos musicais e acessórios para apresentações teatrais nos hospitais. Também serão realizadas palestras em escolas. Para se locomover nas 15 cidades, o grupo alugou, por meio do projeto, um Fiat Doblô que foi todo envelopado com o tema da Patrulha. Em um ano, serão visitadas as cidades de Matozinhos, Prudente de Morais, Cachoeira da Prata, Jequitibá, Santana de Pirapama, Pedro Leopoldo, Inhaúma, Paraopeba, Capim Branco, Funilândia, Baldim, Diamantina, Alfenas e Belo Horizonte, além de Sete Lagoas.
 

Rir, o melhor remédio

De acordo com estudos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), o riso, mesmo em momentos de nervosismo, alivia a tensão, além de reduzir o estresse e a ansiedade. A explicação está na endorfina. Esse hormônio produzido no cérebro é liberado no corpo quando contraímos 28 músculos faciais para sorrir. O simples ato de sorrir também aumenta a quantidade de oxigênio captado pelos pulmões e facilita a saída de gás carbônico do organismo.
 

Embora não esteja comprovado o fato de que quem ri fica menos doente, pesquisadores já demonstraram que rir também aumenta a liberação de células do sistema imunológico, fortalecendo as defesas do corpo. Além disso, o ritmo cardíaco acelera, fazendo circular mais sangue pelo organismo. O humor auxilia na recuperação de pessoas enfermas, física e psicologicamente, conclui a pesquisa realizada pela Unicamp.


A Patrulha e sua história

Pelas mãos da fonoaudióloga Andréa Godinho e da turismóloga Maria Tereza Neves Godinho, surgiu o grupo Patrulha da Alegria, em 2005. Encantadas com o trabalho do grupo Doutores da Alegria, que atua em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE) e Belo Horizonte (MG), decidiram convidar alguns amigos para criar o grupo sete-lagoano. Com o apoio de alguns patrocinadores, contrataram uma professora de Campinas para ministrar um curso sobre o assunto e, desde então, se revezam para desenvolver o trabalho no Hospital Nossa Senhora das Graças, em Sete Lagoas.
 

O grupo conheceu de perto, em um evento no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, Patch Adams, que inspirou o filme Patch Adams – o amor é contagioso (Tom Shadyac, Universal Pictures, 1998). Ele popularizou, nos Estados Unidos, a brincadeira em hospitais. O grupo também participou de cursos com Wellington Nogueira, idealizador do grupo Doutores da Alegria.
 

Iveco e sustentabilidade
 

A Iveco Latin America vem buscando, nos últimos anos, traçar um caminho de sustentabilidade social e ambiental, com ações e programas que envolvem uso racional dos recursos naturais, reciclagem, ética, cidadania, capacitação e desenvolvimento das comunidades próximas à fábrica, em Sete Lagoas (MG).

Para isso, o patrocínio a projetos como o Patrulha da Alegria, através da Lei Rouanet, entraram no planejamento da montadora em 2009, com o objetivo de aproximar a Iveco de seus mais diferentes públicos e comunidades, dando mais um passo em direção à construção de um planeta mais saudável e com oportunidades de crescimento para todos.

O apoio da Iveco ao grupo sete-lagoano Patrulha da Alegria faz parte do Programa Próximo Passo e da diretriz de sustentabilidade da montadora. “Será uma forma de contribuir com o espírito de solidariedade e esperança que são disseminados a crianças e demais pacientes em diversos hospitais. Ajudar a levar esse projeto a mais 14 cidades demonstra a confiança e a potencialidade que a Iveco enxerga no projeto”, confirma Júnea Sá Fortes, analista de comunicação da área de sustentabilidade e responsabilidade social da Iveco.

A Iveco lançou, em dezembro de 2007, o Programa Próximo Passo, em que pratica ações de curto e longo prazo para fortalecimento da cidadania e sustentabilidade nas comunidades próximas à fábrica. No âmbito social, a montadora realiza um programa de envolvimento, capacitação, formação e geração de renda junto aos moradores da Cidade de Deus, bairro com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) abaixo da média nacional.

Preocupação com a qualidade do ar, atuação da Ilha Ecológica na reciclagem dos produtos ao final da vida útil e recirculação da água utilizada no processo produtivo são também algumas das medidas da Iveco em prol da preservação ambiental.